O bom, o mau e o feio

O GP do Brasil de 2017 foi uma corrida bastante interessante — como disse o amigo Mário Salustiano, talvez a melhor dos últimos 5 anos (ano passado foi a chuva que protagonizou e bagunçou). Porém,  muito mais do que a prova em si, o GP foi importante pelos seus simbolismos e suas metáforas. E principalmente pelo que aconteceu fora da pista.

Continue reading “O bom, o mau e o feio”